terça-feira, 17 de março de 2009


Viram-se e Sorriram timidamente…
Mas os seus olhos para sempre se perderam um no outro…

As palavras que foram trocadas entre eles fizeram florescer,
Sentimentos ímpares e únicos nos seus corações…
Em pouco tempo estavam nos braços um do outro,
Onde se perderam para todo o sempre…

Dias felizes foram vividos…
A partilha de segredos começou,
Contaram histórias passadas e momentos sentidos,
O Amor brotou …

UI … Amor …
Que palavra tão mágica, que tanto diz e faz pensar…
Mas a vida foi madrasta e foram separados…
Porém o que sentem fá-los acreditar, que um dia juntos iram estar…

A saudade dói-lhes no corpo,
Dos abraços e beijos vividos,
Em momentos de paixão e ardor…

Nem o tempo, nem a vida, irá tal amor apagar…
Pois, nos seus olhos a saudade perdura em busca do seu par,
Já que estão unidos e nada os poderá separar…

19 comentários:

Karochinha disse...

Como o Amor consegue facilmente ultrapassar as barreiras intemporais que nos perseguem e manter-se sempre e para sempre vivo, aceso, cheio de intensidade...é o Amor e é verdadeiro!!!
Que texto mais lindo e profundo!
Beijocas

Eu mesma! disse...

Realmente quando estamos apaixonados é muito fácil acreditarmos na frase... Já que estão unidos e nada os poderá separar…
...

após separação...
percebemos que nada na vida é imutável e fixo....

o que hoje é verdade amanhã torna-se mentira e viver versa.... na vida não há verdades absolutas!

Antonio saramago disse...

Deduzo que estás a dedicar este texto a alguém de quem muito góstas, mas essa pessoa terá vivido mesmo isso?
Deixou fugir de si, o seu grande Amor?
Viverá ela a sua vida matrimonial debaixo do lamento?
Se não fõr nada disto, está um lindo poema, se estiver relacionado, não está lindo, está MARAVILHOSO!!!

sonhos/pesadelos disse...

lindo poema escrito por uma pessoa linda!!!! o amor é sempre algo sublime, que nos permite divagar muito...está soberbo como sempre!
bjs endiabrados

Milésimo disse...

Este texto retrata uma fase da minha vida.
Mais de 15 anos se passaram e chego a uma triste conclusão.
Não basta confiar no destino e pensar que o que é nosso, nosso será. Pois é preciso lutar por aquilo que queremos muito.
E foi precisamente o que não fiz.
Apenas fiquei com essas belas recordações tão bem escritas e coincidentes com o teu belo poema.

Fizeste-me sonhar ao lê-lo e reforçaste o meu interesse pelo teu "cantinho".

Beijinhos repletos de amizade

manzas disse...

Tocavam os raios ensolarados e madrugadores
Nas vastas planícies, terras por conquistar…
Do chão brotavam vidas e esperanças de amores
Colhidas por ninfas ao som de flautas, a dançar

Mas nessas terras, também corriam ventos de tirania
Trazidas por lordes e senhores de um Rei ditador…
Cobrando liberdade a um povo que por ela ardia
Forçados às leis impostas pelas espadas, suor e dor

Um resto de uma agradável semana!

Bem-haja!

O eterno abraço…

-MANZAS-

Antonio saramago disse...

Ao ter relido o meu anterior comentário, deduzo que pode interpretações relacionadas com a sua Autora, mas nada disso.
Aminha ideia é de que a Postagem foi feita baseada em algo e em alguém que ela muito preza, mas nada tendo a ver com a sua própia vida e para que não restem dúvidas sobre isto, aqui fica a minha correcção e as minhas desculpas á ANJO NEGRO se por acaso foi essa a ideia com que ficas-te.

Vanessa. disse...

Lindíssimo é pouco :')

Alguém disse...

Que lindo!! É teu original? É mesmo lindo! :D

beijinho

Anjo Negro disse...

Uau ...
Nunca pensei que gostassem ...
É meu sim, gostei da foto, e depois as palavras sairam, começei a pensar nele durante a noite ...
Podes não acreditar, mas escrevi uns topicos num bloco de notas que tenho na mesa de cabeceira ... eheheheheh
Beijos Anjo Negro

Eu e a solidão disse...

Uau que inspiração hein...

Lindo texto...

Uma vez escrevi algo parecido, nada publicado, sobre um amor que não poderia ser vivido, e hoje ao reler vejo que nem era amor...mas foi muito bom de viver...

Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Quer isto dizer que o amor conduz a tornar os namorados siameses? ;)

Beijocas!

Cöllyßry disse...

Olá querida, o amor já por sim é tão magico...Lindo

Beijitos

André Couto disse...

É um lindo texto, sem dúvida.
Parabéns.
Beijo.

[ rod ] disse...

Olá moça,

o dogMas esta concorrendo na categoria BLOG REFLEXIVO neste site:

http://tracosdeumhomem.blogspot.com/2009/03/tracos-golden-awards-apresenta-os.html


Se você acompanha e aprecia o que escrevo... passa por lá e vote.

Eu e o dogMas agradecemos.

Madi disse...

Simplesmente maravilhoso!!!!
demais!!!

Solita disse...

Também gostei muito anjo!!!


Eu que não tenho jeito nehum com as palavras leio estas coisas, até fico comovida!
Hehe!!


Jinhossssssss

manzas disse...

O sol rasga os panos do horizonte
Em pacífico brilho de sua magnitude…
Cadenciado ondular que em mar bronze,
Excelsa beleza no marulhar da virtude!

A rocha na ânsia do dia, bebe sedenta do mar,
Firmada num profundo e desigual chão azul …
Cristalizadas águas reflectem o planar,
Das majestosas e imperais… gaivotas do sul!

Gostava que comigo
Desse asas á sua imaginação,
No… “Portal da rocha… penedo do guincho!”

Um bom fim-de-semana,
Com muita inspiração
E na mente… um sorriso!

O eterno abraço…

-MANZAS-

CARLA FABIANE... disse...

agradeço sua gentileza e simpatia. deixO meu obrigadoooo por visitar-me, comentar e seguir, volte sempre! Fico muito honrado e feliz. Parabéns. Tb estou lhe seguindo. Nos encontraremos sempre por aqui.