quarta-feira, 11 de março de 2009


E com uma pincelada de jeito
Te vou dando cor e vida,
Em tua tela branca e vazia …

Na tua tela nascem, formas e imagens,
Que acordam sentimentos,
Tanto passas espanto, como encanto,
Para não esquecer o deslumbramento!

As cores saltam e pulam,
Brincam tal crianças meigas,
Em nossos olhos …

E assim começa o jogo do arco-íris …
O azul voa em direcção ao céu e ao mar,
Por encostas de histórias perdidas …
O vermelho toma de assalto o amarelo,
E assim nasce o fogo arrebatador, salpicado de fantasia …

Mas … Que figura é aquela que ali nasce, escondida …
Uma mulher? Uma criança?
Ou será uma mera fantasia …
Estão deitadas no verde profundo, salpicado
Por uma infinidade de cores …

E assim, a tela branca e nua, ganha cor e vida, cheia de harmonia ...

16 comentários:

Eu mesma! disse...

muito muito bom....
excelente escolha de palavras.....

dá vontade de pintar... algo...

JE disse...

Lindo... Lindo... lindo...
Um beijos...

sonhos/pesadelos disse...

só posso dizer que está lindo...
bjs endiabrados

Salamandra disse...

Com as tuas belas palavras juntaste os quatro elementos, terra,fogo,ar e água.
Parabens por essa escrita tão iluminada.
beijinho
salamandra

Antonio saramago disse...

A RAPARIGA QUE DIZIA QUE NÃO SABIA FAZER NADA DE JEITO POR AQUI..
Que queres que te diga mais, para além de que está fantástico e que quem se meter contigo, mete-se com o FOGO!!!

Anónimo disse...

Olá, adorei, adorei mesmo...
Até acho que o dia me vai correr melhor, adoro estas poesias logo de manhã, fazem-nos sentir mais leve...faz-nos ver a vida mais bonita e esquecer os problemas do dia-a-dia.
Obrigada...Continua assim

Lillibit

Eu e a solidão disse...

Eu não sei pintar, aliás arte não é comigo... Mas se puder transferir a minha vida é como uma tela... pinturas, borrões muitas vezes incompreensíveis mas que lá na frente farão sentido, na completa obra prima que é viver...

Beijos!

Rafeiro Perfumado disse...

Quem haveria de dizer que o vermelho era o delinquente do espectro de cores? ;)

Beijoca!

Solita disse...

Muito lindo!!

Jinhos

Snoopy disse...

eu queria encontrar o pote de ouro no fim do arco-iris!! ou o euro-milhoes tb servia! :P

Milésimo disse...

Um anjo pintou um pensamento,
imensamente iluminado de tons,
intensamente adornado de escrita,
se um arco-iris misturado fica
preto
haverá um Anjo Negro que espalha as cores na nossa vida.

Poema brilhante de quem sabe o que fazer ás palavras.

Beijinhos Poéticos

Karochinha disse...

Aqui está um belo exemplo de demonstração do teu Sol em Sagitário!!!!
Escreves divinamente bem, tens uma sensibilidade incrível no uso de cada palavra, de cada frase, parabéns, gosto muito de ler o que saí dai de dentro e pelos vistos, não sou a única...;)

Beijocas bem alegres

Cöllyßry disse...

E a tela assim fica com as cores que a vida deveria ter...Como um arco-íris...Imenso

Doce beijo querida...

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Qerida Anjinha

Como vês, estou de volta. Espero por ti - sempre. Tem calminha... hahahahahahaha

Com um blogue tão lindocas, deves saber nuitas coisas daquelas keu não sei, como postei nA Minha Travessa. Se queiseres ensinar-me... Sabes quel é o meu imeile. Manda-me um, sil us plau. Obrigadinho

Qjs

Madi disse...

nao sei como continuas a dizer k nao tens jeito pra estas coisas muida??
ja deu pra perceber k tens nao uma mas muitas veias poeticas, e outra coisa nao se podia esperar de ti!!beijos!!
e continua, SEMPRE!!!

Moonwisher disse...

Quem escreve assim...
Bj grande!