segunda-feira, 30 de agosto de 2010


Olha a minha Casinha, que linda que ela é …

Das suas janelas eu vejo o mundo lá fora …
Vejo pessoas a sorrir, a chorar, a amar …
Vejo as flores, nascer, florescer e a murchar,
Vejo amores e desamores …
Vejo as crianças a aprender, a sonhar,
A cair e chorar, Mas a voltar a sorrir e cantarolar …
Vejo as lindas estações do ano a passarem e a sorrir para mim …
O Castanho do Outono, com as suas folhas caídas,
O branco do Inverno, com a sua neve cintilante,
O colorido feliz da Primavera, com o despontar da natureza;
O Dourado do Verão, sendo o sol o rei do dia …

E pela sua porta majestosa eu entro no meu mundo secreto …
Onde cada quarto, tem os seus segredos escondidos,
Onde cada sala tem o seu encanto e calmaria,
Onde na cozinha os legumes e a fruta ganham vida,
E nos encantam com os seus sabores e odores …

Olha a minha Casinha, que linda que ela é …

2 comentários:

Eu Mesma! disse...

Bonito...

Eu e a solidão disse...

Que lindo, saudades de você!

Beijos