terça-feira, 29 de setembro de 2009

Olhos meus ...

Vi-te, fixei-te e perdi-me …
Perdi-me nos teus olhos,
Nesses olhos risonhos,
Onde mora alegria e os sonhos …


Azuis, castanhos, verdes, pretos
Não interessa a cor …


Nos Azuis, temos o mar e o céu,
Como é bom ali voar e nadar até cansar …



Nos verdes, temos a natureza luxuriante
De uma floresta tropical com todos os seus tons …




Nos castanhos, temos a cor quente, gentil e meiga,
E como a canção diz: “de encantos tamanhos” ...



Nos pretos, temos o encanto dos mistérios da noite,e da azeitona brilhante e gulosa …




Vi-te, fixei-te e perdi-me …
Perdi-me nos teus olhos,
Nesses olhos risonhos,
Onde mora alegria e os sonhos …

6 comentários:

Eu Mesma! disse...

Nós podemos mentir com palavras e mesmo com acções mas nunca mentimos com os olhos...

Antonio saramago disse...

OS meus são CASTANHOS!!!!

Antonio saramago disse...

E os teus hã!!! São uns devoradores!!!

Alguém disse...

Costuma-se dizer que os olhos são o espelho da alma... :-)

beijinhooo

Carlos disse...

Quando fixo os olhos de alguém, tento ler para além das palavras, para além da expressão facial e corporal. Mas sei que isso incomoda, porque ninguém gosta que lhe invadam o último reduto.
Carlos (olhos castanhos)

Gui disse...

Essa é uma das melhores do blog gostei muito quando tiver tempo passa la no meu blog tenho um presente pra ti